alt

Nesta segunda-feira (11/04/16) o vereador Cleiton M. Taborda em uso da tribuna, solicitou ao Prefeito Municipal a necessidade de com urgência, realizar estudo juntamente com os órgãos competentes, com o Sindicato Rural, e convocar a Defesa Civil, visando uma avaliação e a possibilidade de que fosse decretada situação de emergência, tendo em vista a baixa produtividade das lavouras de soja no município de Santa Rita do Trivelato/MT, safra 15/16.

“Tem lavouras que se imaginava um índice de produtividade e na hora da colheita foi uma realidade completamente diferente, pois algumas lavouras chegam a 40, 50 e até 60 sacas/ hectare e outras 28 sacas\hectare”.

O decreto de situação de emergência é um documento que possibilitará com que os produtores tenham uma ferramenta para negociar as suas dívidas, não é calote, é uma forma de evitar com que os credores façam pressão ou dificultem nas negociações, e sabemos que sem grãos não há comercialização e se não tem dinheiro para pagar as dívidas.

Em conversa com muitos agricultores locais notamos a preocupação de uma safra negativa, onde pode levar muitos agricultores a situações critica financeiramente e consequentemente muitos de funcionários serem demitidos. O município é quase 100% agrícolas e com a queda da produtividade trará dificuldade aos moradores, comercio local e arrecadação municipal.

 

Fonte: Kelen Monteiro