Os vereadores de Santa Rita do Trivelato estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (12), para mais uma Sessão Ordinária, entrou em primeira votação o projeto de Lei nº 016/2014 “onde regulamenta a concessão dos benefícios eventuais da política de assistência social do Município de Santa Rita do Trivelato – MT.”, onde foi discutido e aprovado em primeira votação. O assunto Saúde mais uma vez foi discutido na tribuna da casa.

O Vereador Vandir Matschinske usou a tribuna para falar sobre o Pregão Presencial nº 008/2014 tendo como objeto a Contratação de empresa especializada para prestar serviços médicos no Programa de Saúde da Família - Unidade I e no Centro Municipal de Atendimento do Município de Santa Rita do Trivelato, onde o mesmo cogitou algumas irregularidades, o Vereador Gilmar Antonio Zanuto, cobrou atitudes e mais serenidade em relação aos médicos e demais funcionários da saúde, a Vereadora Claudeci Maria da Silva esta indignada com o rumo que esta tomando a saúde do município, o presidente da Câmara disse:

“que tem ocorrido em Santa Rita do Trivelato reflete uma falta de planejamento e gestão. Algo que, pelo visto, não é exclusividade do gestor municipal. É uma falha total na saúde".

 

Em outros Municípios também assistimos a episódios de hospitais superlotados, pessoas mal atendidas. Esta acontecendo até mesmo pessoas preferindo passar mal em casa ao invés de ir para o PSF que acreditam fielmente na impunidade dos responsáveis pelo bem estar da saúde dos munícipes. Diante disso, cresce a descrença da sociedade, o que faz com que o cidadão trabalhador queira fazer Justiça com as próprias mãos.

O resultado são selvagerias de todo o tipo, a exemplo de prédios depredados e destruição do patrimônio publico. Esse é o pior caminho possível. Significa a derrota da democracia. Se nada for feito, se as diversas autoridades responsáveis não se unirem para tomar uma providencia, tememos que a situação somente irá piorar. Muitos já perderam expectativa em nós vereadores. Temos que dar um basta na impunidade com leis adequadas.

Um municipio sem senso de punição, na forma da lei, é um municipio sem instituições democráticas”.

Você pode conferir a pauta desta sessão no site oficial da Câmara Municipal a partir da data de 19 de maio, data da qual é aprovada pelos vereadores

Da Assessoria